sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Assembleia de Deus em Juazeiro se prepara para enviar dois casais de missionários à África

No último fim de semana, na realização da terceira Conferência Missionária promovida pela Igreja Assembleia de Deus em Juazeiro, no auditório do novo templo que ainda está em fase final de construção no bairro
João 23, o pastor Jair Silas, presidente da igreja e o líder do Departamento de Missões, pastor Adelmário Martins, anunciaram o envio de dois casais de missionários ao continente africano. 


Pastor Jair Silas
Os dois casais já estão sendo orientados acerca do trabalho que irão desenvolver e em breve será marcada as datas de partida dos missionários. Para Moçambique irá o casal Pastor Wilson Nascimento e Judith Nascimento. Já para Angola será enviado o casal Presbítero Edivaldo de Carvalho e Mariléa Carvalho. 

Ambos atualmente estão atuando como líderes de trabalhos evangelísticos no campo de Juazeiro. O pastor Wilson dirige a igreja em Maniçoba e o presbítero Edivaldo dá assistência ao trabalho em Patamuté. Tanto um como o outro declaram sentir um chamado especial de Deus para este novo desafio. 

Não é a primeira vez que a Assembleia de Deus juazeirense envia missionários ao exterior. Ainda na gestão do Pastor Manoel Marques, foram à Rússia o Pastor Marcos Cunha e sua esposa Hairam Marques. O casal atualmente atua na igreja em Juazeiro 

A CONFERÊNCIA 

Pastor Paulo Mesquita
O evento missionário aconteceu de sexta-feira (6) até o domingo (8) com extensa programação que incluiu apresentações musicais, jograis, dramatizações, palestras e mensagens bíblicas. Especialmente convidado esteve o Pastor Paulo Mesquita, coordenador do Departamento de Missões da Assembleia de Deus no estado de Alagoas. O tema da Conferência foi “Missões: Missão urgente da igreja” e toda a organização do evento ficou sob a responsabilidade do pastor Adelmário, líder do Departamento de Missões e também vice-presidente da igreja local.

OS PAÍSES

Moçambique é um país localizado na costa oriental da África. É uma antiga colônia de Portugal. Obteve a sua independência em 1975. A sua capital e maior cidade é Maputo. Possui cerca de 25 milhões de habitantes. 
Cerca de 45% do território moçambicano tem potencial para a agricultura, porém 80% dela é de subsistência. Há extração de madeira das florestas nativas. A reconstrução da economia, após o fim da guerra civil em 1992 e das enchentes de 2000, foi dificultada pela existência de minas terrestres não desativadas. Tem como idioma oficial o português, mas é falado por apenas 6% da população, os demais se dividem em diversos dialetos locais. A população está dividida entre católicos, prostestantes e muçulmanos além de outras religiões menores.

Angola é um país da costa ocidental de África, foi também uma antiga colônia de Portugal, e conseguiu sua independência em 1975. A capital e a maior cidade de Angola é Luanda. É o segundo maior produtor de petróleo e exportador de diamantes da África Subsariana. A sua economia tem vindo a crescer fortemente, mas o índice de corrupção é um dos mais altos do mundo , e o seu desenvolvimento humano é muito baixo. O português é a língua oficial, falada por 30% da população, mas o umbundu é falado por cerca de um terço dos angolanos. Existem no país cerca de 1000 religiões organizadas. 

Fonte: Blog Francisco Evangelista 

0 comentários:

Postar um comentário