terça-feira, 25 de setembro de 2012

Em Mianmar, adolescente é perseguido por carregar uma Bíblia

Khine (nome trocado por segurança), de 14 anos, sofre por ser crente em um país hindu


Em Mianmar, adolescente é perseguido por carregar uma Bíblia Ser cristão em Mianmar, nação predominantemente budista, significa viver sob preconceito social, isolamento e restrições. Mesmo adolescente, Khine não foi poupado de nada disso. Em julho de 2012, um mês após participar de um seminário de preparação para a perseguição, da Portas Abertas, ele descobriu esta realidade
Khine*, de 14 anos de idade, é crente em um país hindu. Ao optar por se tornar seguidor de Cristo, ele se tornou parte de uma minoria religiosa. Leia o testemunho dele abaixo:

"Meus pais são hindus, originalmente da Índia. Eles sempre nos ensinaram a sermos fiéis ao hinduísmo, enquanto vivermos.
Minha irmã mais velha foi a primeira a conhecer Jesus Cristo. Ela me trouxe para a igreja, eu participei da Escola Dominical e, vez ou outra, assistia aos estudos bíblicos. Pela graça de Deus, eu tive o privilégio de ir a um acampamento bíblico, em abril de 2008, que se tornou o dia mais feliz da minha vida, pois foi quando eu conheci Jesus Cristo como meu Salvador. Meus pais não sabem sobre isso.
Desde que me tornei um servo de Jesus, eu queria ter minha própria Bíblia, para que eu pudesse estudar e ler na minha privacidade. Eu orei a Deus pedindo uma Bíblia. Durante três meses eu orei, e então, meu pastor veio com uma Bíblia e me deu de graça! 
Mais tarde, eu soube que a Bíblia veio de amigos de fora, aqueles que também nos ensinaram sobre a perseguição e como nos prepararmos para isso biblicamente, em junho passado.
Levo minha Bíblia comigo, na maior parte do tempo. Meu pai percebeu isso, e começou a me pressionar para renunciar a minha fé em Jesus. Mas eu disse a ele que nunca iria desistir da graça de Deus, um presente maravilhoso, nem da minha certeza no Senhor. Por isso, eles me chutaram para fora da casa e me agrediram muito. Eu não sabia o que fazer, a não ser clamar a Jesus, então gritei ‘Salve-me Deus!’
Apesar da perseguição, sinto segurança, firmado em minha fé. Eu me lembro das coisas que aprendi durante o seminário da Portas Abertas e as palavras de Deus escritas na Bíblia. Eu agradeço ao Senhor por enviar o Seu povo,  de outro país, apenas para me incentivar e ensinar."
*O nome foi trocado para a segurança do cristão.
Pedidos de oração
• Ore para que Khine permaneça firme na fé em Cristo Jesus, apesar da perseguição.
• Peça para que a família de Khine conheça e se entregue a Cristo também.
• Interceda pelos estudos de Khine.
• Clame ao Senhor em favor dos jovens cristãos em Mianmar, como Khine, para que eles cresçam na fé.

Fonte: Portas Abertas

0 comentários:

Postar um comentário