segunda-feira, 4 de junho de 2012

AD de Pernambuco encerra com festa o seu 11º Congresso de Mulheres

Último culto reuniu milhares de irmãs numa apoteose de louvor e adoração a Deus

A Assembleia de Deus de Pernambuco festejou e encerrou com classe a 11ª edição do seu Congresso Estadual de Mulheres, realizado no Templo Central do Recife, no bairro de Santo Amaro.

Irmãs que nunca vieram antes ao evento saíram renovadas, admiradas com a grandeza da festividade.  Algumas caravanas das cidades mais distantes já haviam deixado o Recife, mas isso não impediu que a sede da igreja recebesse um público de quase 14 mil pessoas, dentro e fora do recinto. Boa parte delas chegou desde o início da tarde. Às 14h42, as portas foram abertas, e, em poucos minutos, todos os assentos disponíveis já estavam ocupados. Os estacionamentos, onde estavam dois telões, foram preenchidos por cadeiras, que também não ficaram vazias.

O culto começou no fim da tarde. As irmãs aproveitaram para louvar a Deus e agradecer as bênçãos e vitórias no último culto introdutório, que começou por volta das 17h. Uma hora depois, o culto de encerramento iniciou com o templo abarrotado de pessoas por todos os lados.

As caravanas de Natal (RN), Maceió (AL) e algumas cidades do interior estavam presentes no culto. O Grande Coral de Mulheres, composto por 700 vozes, cantou várias músicas, algumas delas acompanhadas pelos cantores Eliã Oliveira e Victorino Silva. Uma das canções foi “Verei Jesus”, no vídeo abaixo.

O preletor da noite, pastor José Lopes, convidado direto de Newark, New Jersey (EUA), trouxe mais uma palavra explicativa baseada em Apocalipse 5. Lendo o versículo 9, ele falou sobre a raiz de Davi e o poder do Evangelho. O pastor desfiou várias características do reino de Cristo firmado na Palavra de Deus, lembrando que o inimigo tem tentado destruir a verdade da encarnação de Jesus. Mas Jesus foi morto, e, assim como o pecado entrou pelo homem, o Cristo veio para padecer pelos pecados da humanidade. “A moeda para pagar o preço da redenção não é nenhuma moeda terrena, senão o sangue do próprio Filho de Deus”, disse.

Em mais uma de suas palavras, o pr. José Lopes lembrou que o crente deve ser como o fermento, que age silenciosamente na massa sem ser interrompido por ela. “O fermento só funciona fora da lata, com pressão e calor. Assim é o crente, que, quando é cheio do calor do fogo do Espírito Santo, preenche toda a massa na qual está envolvido”, afirmou.

O pastor encerrou suas palavras com uma oração e o convite para as pessoas não crentes, das quais quatro se renderam a Cristo. Victorino Silva ainda cantou mais três músicas antes do agradecimento da irmã Judite Alves, coordenadora da Umadepe (União das Mulheres da Assembleia de Deus de Pernambuco), e do presidente da AD de Pernambuco, pastor Ailton José Alves.

O 11º Congresso de Mulheres foi transmitido para todo o Pernambuco pela Rede Brasil de Comunicação, através de diversas rádios espalhadas pelo Estado, e pelo canal 14, e re-transmitido por varios sites e blog.



0 comentários:

Postar um comentário