quinta-feira, 19 de abril de 2012

Fome e sede de justiça


“Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos” (Mt 5.6).Continuando nossos devocionais baseados no Sermão do Monte, vamos comentar a afirmação do Senhor Jesus sobre o anelo do cristão em relação à presença de Deus em seu viver, figurado nas necessidades básicas do ser humano: a fome e a sede.
No que se refere à vida cristã, ter fome e sede de justiça significa o anelo sincero de um crente em conservar uma conduta correta diante de Deus, seguindo os princípios da Bíblia Sagrada. É a aceitação incondicional da vontade do Senhor, a busca por uma vida piedosa e justa, que gera este desejo fervente por retidão e santidade.
A fome do cristão está relacionada à Palavra de Deus (Lc. 4.4) e a sede a presença do Espírito Santo (Jo 7.38). Assim sendo, todo crente deve sentir um desejo profundo pelas coisas de Deus, que se manifesta no anseio por mensagens genuínas, louvores sacros, momentos de devoção, na busca do batismo com o Espírito Santo e dons espirituais. Esta fome e sede de justiça também produz uma repulsa ao mundo e ao pecado, que nos afasta das obras infrutuosas da carne (Ef 5.11) e faz brotar virtudes dignas louvor diante de Deus e dos homens (Mt 5.16).
Busquemos, pois, ao Senhor, e veremos se cumprir em nosso viver a Sua Palavra: “Pois fartou a alma sedenta, e encheu de bens a alma faminta” (Sl 107.9).
 Pr. Ailton José Alves

0 comentários:

Postar um comentário