segunda-feira, 19 de março de 2012

Ateus ofendidos com oração de pastores ‘desabençoam’ rodovia

Ateus do Condado de Polk, na Flórida, simbolicamente lavaram o asfalto de uma rodovia que onduz ao município de Lakeland, neste sábado, dia 17. A remoção foi um protesto contra a bênção feita no local um ano atrás por um grupo de pastores.
Munidos de vassouras, esfregões e mangueiras, os ateus se reuniram na rodovia e anunciaram: “Nós viemos em paz… Isso normalmente é o que os alienígenas dizem quando visitam um planeta novo! Mas não somos alienígenas, somos ateus!”, afirmaram os manifestantes.
Mark Palmer, diretor do Humanistas da Flórida comandava seu grupo ao longo da Rodovia 98. Representantes de vários grupos de ateus lavaram a estrada na linha divisória dos condados de Pasco e Polk. Eles explicam que desejavam remover o óleo que fora derramado sobre o local no ano passado pelo grupo de pastores do Polk Under Prayer (Polk debaixo de oração).
O pastor Richard Geringswald, que lidera o grupo evangélico explicou por que haviam ungido e abençoado a linha de separação dos condados, que são divisões administrativas dentro de um mesmo Estado. “Oramos pela entrada da cidade, clamando que Deus nos proteja dos malfeitores, especialmente dos traficantes, que seriam afastados de nosso condado”, explicou.
Mas os Humanistas da Flórida não veem as coisas da mesma maneira. Eles dizem que isso não os faz sentir bem-vindos no local. “Isso envia uma mensagem muito ruim para todos no condado de Polk, e (qualquer pessoa) que passe pelo condado e não seja um cristão”, explicou Palmer. “Esse evento não é só dos ateus; trata-se de dar as boas-vindas a todos no Condado de Polk”.
Além de usarem uma “água profana” para lavar a estrada, também estão descontentes com os “tijolos de oração” que os pastores enterraram ao longo dessa e de várias outras estradas que conduzem ao condado. Neles está escrito o Salmo 37.9: “Pois os maus serão eliminados, mas os que esperam no Senhor receberão a terra por herança”, lembra o pastor Geringswald, lendo o versículo em sua bíblia.
Os pastores dizem não entender, pois estavam tentando apenas fazer algo positivo para manter os criminosos longe e incentivar a fé. Eles acrescentam que pretende colocar anúncios na TV local ainda este ano explicando que só estão tentando proteger os moradores. Os humanistas dizem que não pretendem parar com seus protestos.
Fonte: Gospel Prime

0 comentários:

Postar um comentário