sábado, 31 de março de 2012

Apesar da perseguição, cristianismo cresce no Irã

Há 40 anos apenas 200 iranianos se declaravam cristãos e hoje o número é de mais de 370 mil pessoas

O ministério Portas Abertas dos Estados Unidos divulgou que apesar do endurecimento do governo iraniano contra os cristãos, o número de muçulmanos que se converteram ao cristianismo tem crescido de forma surpreendente.
Um dos principais motivos seriam as igrejas em casa que fez com que diversas reuniões secretas fossem formadas e dessa forma o número de cristãos tem aumentado em todas as regiões do país, especialmente nas cidades maiores segundo informa Carl Moeller, diretor do Portas Abertas EUA.
Pela lista do ministério o Irã está na quinta posição entre os países que mais perseguem cristãos no mundo e essa mudança religiosa pode estar ligada com a desconfiança que o governo islâmico tem gerado na população depois das eleições fraudulentas de 2009 que elegeram Mahmoud Ahmadinejad.
Apesar desse crescimento os cristãos ainda estão sendo presos, um colaborador do Portas Abertas, que não foi identificado por motivos de segurança, disse que há relatórios continuados da prisão de detenção de cristãos pelas autoridades iranianas. Essa fonte afirma que só na cidade Isfahan, mais de uma dúzia de cristãos foram presos em menos de um mês.
Moeller afirma que esse avanço da mensagem do evangelho se deve ao fato da população ser muito comunicativa. “Isso é somente atribuível ao trabalho do Espírito Santo. Uma das características comum da personalidade dos iranianos é serem extrovertidos e falar sobre sua fé, então para eles evangelizar é algo fácil”, disse.
De acordo com a Organização Cristãos Muçulmanos (Muslin Background Believers – MBBs), calcula que havia 200 cristãos vivendo no Irã há 40 anos, e agora, o número calculado esta em  370.000.

 Traduzido e adaptado de Christian Today
A Bíblia é o livro que mais influencia a vida do brasileiro, afirma pesquisa.
Conteúdo religioso predomina na preferência dos leitores


Não é segredo para ninguém que a Bíblia é o livro mais vendido de todos os tempos. E no Brasil, sua produção cresce a cada ano.
Agora, de acordo com a pesquisa “Retratos da Leitura no Brasil”, feita pelo Instituto Pró-Livro e divulgada esta semana, é possível provar que ela é também a obra mais influente. A pergunta feita pela pesquisa a milhares de leitores do país foi: “Qual é o livro que mais marcou você?”.
A Bíblia voltou a aparece em primeiro lugar na preferência dos leitores. Ela manteve sua posição do último estudo deste tipo, feito em 2007.
Os livros de conteúdo religioso aparecem com destaque. “A Cabana”, de William Paul Young, ocupa o segundo lugar, e logo em seguida vem “Ágape”, do Padre Marcelo Rossi, um dos livros mais vendidos deste século. “Violetas na Janela”, psicografado por Vera Lúcia M. de Carvalho, ficou na nona posição.
O “Sítio do Picapau Amarelo”, de Monteiro Lobato, estava em segundo na pesquisa de 2007 e aparece em quarto lugar em 2011. A lista mescla obras nacionais e estrangeiras, incluindo desde clássicos como “O Pequeno Príncipe”, de Antoine Saint-Exupéry e “Dom Casmurro”, de Machado de Assis até fenômenos de venda recentes como “Crepúsculo”, de Stephenie Meyer, “Harry Potter”, de J.K. Rowling e ‘Código Da Vinci’, de Dan Brown.
A lista com os 25 livros considerados “mais marcantes” tem várias histórias infantis de contos de fadas “Os Três Porquinhos”, “Branca de Neve”, “Chapeuzinho Vermelho” e “Cinderela”.
Além da Bíblia, temas espirituais/religiosos estão presentes em obras tão distintas quanto ‘O Alquimista’, de Paulo Coelho, ‘Bom dia, Espírito Santo’, de Benny Hinn, ‘O Segredo’, de Rhonda Byrne e ‘O Monge e o Executivo’, de James C. Hunter.
Segundo a pesquisa, atualizada a cada cinco anos, o autor brasileiro mais influente é Monteiro Lobato. Em comparação com a última pesquisa, sete obras são novas, ou seja, foram publicadas nos últimos cinco anos.

Fonte: Gospel Prime

quarta-feira, 28 de março de 2012

Comercial de Red Bull é suspenso por ferir a respeitabilidade religiosa
A propaganda mostrava Jesus dizendo para dois discípulos que não estavam andando sobre as águas, mas pisando nas pedras


Nesta terça-feira (27) o Conar (Conselho Nacional de Auto-regulamentação Publicitária) suspendeu o comercial do energético Red Bull alegando que a peça publicitária “fere a respeitabilidade religiosa”.
O órgão recebeu mais de 200 reclamações do vídeo que mostra Jesus no barco com dois discípulos, cansado ele se levanta e sai andando pelo mar. Um dos discípulos pergunta como ele consegue fazer aquilo, o segundo diz que o mestre tomou Red Bull, mas o personagem diz que estava apenas andando sobre pedras.
O comercial foi considerado uma afronta ao cristianismo e não foi só no Brasil que as autoridades competentes tiveram que intervir, na África do Sul o vídeo também foi suspenso, ainda mais por ser exibido durante a Quaresma, período importante e sagrado para os católicos praticantes.
Mas entre os consumidores o assunto divide opiniões, muitos dizem que o vídeo ofende quem acredita nos milagres de Jesus, outros, porém defendem o uso de comerciais ateus já que na mídia encontramos muitos programas religiosos.
“Este comercial não está ridicularizando nada, está somente expressando a opinião do produtor sobre a história de Jesus, sempre tivemos filmes religiosos sendo exibidos na TV aberta, por que não um comercial ateu?”, questiona um internauta no Youtube.
“Sempre gostei dos comercias da Red Bull, mas tudo na vida tem um limite. Zombar do que esta na Palavra de Deus aí já é demais. Logo de quem que eles foram fazer o comercial”, opinou outro internauta.



Com informações Radar On-line

domingo, 25 de março de 2012

1º Encontro de Mulheres em Brejo Foi Uma Benção Em Seu 1º Dia.
 Grande Coral Local

Cantor Jair Santos 
Irmã Judite Alves

A igreja Evangélica Assembleia de Deus em Brejo da M de Deus sobe a direção local do pastor Manoel Bezerra e a Comissão Organizadora composta pelas irmãs Fátima, Aparecida, Erivalda entre outras pessoas que colaboraram com esse grande evento deram inicio neste sábado dia 24 de março de 2012 ao 1º Encontro de Mulheres com um grande derramar de benção do Senhor.
A Preletora da noite Irmã Judite Alves pregou a preciosa palavra de Deus e foram entoados louvores através das comissões de Santa Cruz, Jataúba , comissão local e pelo cantor Jair Santos. Nesse domingo segue dando continuidade com a seguinte programação:

Domingo 25/03
Tarde e Noite
Grande Coral de Mulheres

Comissão: Toritama, Taquaritinga, Caruaru e São Domingos

Cantora: Salete Silva

Preletores: Ir. Saronilda Oliveira
                    Pb. Edson (Toritama)

Por: Felipe Matos

quinta-feira, 22 de março de 2012

1° Encontro de Mulheres acontece neste final de semana em Brejo da M de Deus e será transmitido ao vivo pelo o site

Com o tema: “Eis aqui a tua serva cumpra –se em mim  tua vontade “LC  1,38 p B” a Igreja Evangélica Assembleia de Deus na cidade de Brejo da madre de Deus realizam o seu 1º Encontro de Mulheres. O evento começa sábado dia 24 e segue até domingo (25), com uma programação variada, contando com a presença do coral local composto com as irmãs de todo o campo de Brejo, além de ter a participação de grupos de cidades vizinhas, cantores e preletores convidados.

Os cultos se realizaram no Clube Aquários a parti das 19:00hs, onde será transmitido para todo o mundo através da internet pelo site do Projeto Boas Novas : www.projetoboasnovasbmd.com

Por: Felipe Matos
 Médicos chamam de ‘milagre’ jogador cristão ter ressuscitado
Pessoas de todo o mundo têm orado pelo jogador de futebol Fabrice Muamba, do time inglês Bolton.
O jovem de 23 anos é cristão e seu coração parou durante a partida contra o Tottenham no último sábado. Ele permanece em estado delicado, mas já dá sinais de melhora e não corre mais risco. Durante o último fim de semana a expressão #pray4muamba [ore por Muamba] entrou nos TTs do Twitter.
Jogadores de futebol de vários times do mundo usaram camisetas com essas palavras. A noiva do jogador usou sua conta do microblog para dizer: “Deus está no controle. Por favor, continuem orando por @fmuamba”.
O gerente de futebol do Bolton, Owen Coyle, falou em nome da família disse: “Eles são muito gratos pelas mensagens de apoio e as orações de todos”.
Bruce Dyer é um ex-jogador de futebol da Premier League e cristão. Ele declarou que é vital que todos continuem orando. Muito tem sido falado sobre como o mundo do futebol se uniu por causa do incidente. Atletas como David Beckham manifestaram sua preocupação e muitos outros tuitaram suas orações e apoio.
Os relatórios sugerem que levou cerca de duas horas para que o meio-campista começasse a respirar novamente. Os médicos que prestaram socorro dizem que é difícil entender por que isso aconteceu. Mas em uma entrevista nesta terça-feira, o médico do Bolton, Jonathan Tobin, resumiu a questão. O jogador congolês esteve “efetivamente morto” por 78 minutos e sua recuperação é simplesmente um “milagre”
“Nós contamos: foram 48 minutos dentro de campo e indo para o hospital e mais 30 por lá (tentando reanimá-lo). Nesses 78 minutos, ele estava efetivamente morto. Temíamos pelo pior e não achamos que ele poderia se recuperar dessa forma. Se eu fosse usar o termo ‘milagre’ em qualquer situação seria em algo assim”, disse.
Tobin explicou também que a equipe médica precisou usar o desfibrilador mais de 16 vezes para reanimar o jogador. “Usamos o desfibrilador duas vezes no campo, uma vez no túnel que separa o gramado dos vestiários e 13 vezes na ambulância. Foi um milagre”, afirmou. O médico disse ainda estar “assombrado” com a recuperação e temia pelo pior. Shabaaz Mughal, médico do Tottenham ajudou a prestar socorros a Muamba e lembra que “ele pareceu respirar por umas duas vezes, e depois não respondeu mais”.
Andrew Deaner, cardiologista do Hospital do Coração de Londres, estava no estádio como torcedor e pode perceber que algo sério estava acontecendo. “Você sempre espera que, se tiver o desfibrilador e chegar rapidamente ao local, eles (os pacientes) vão responder depois de dois ou três choques… Se for usar o termo ‘milagroso’, ele provavelmente caberia aqui. Ele teve uma recuperação impressionante até o momento”.
Deaner relatou um momento emocionante, depois que o jogador foi reanimado e recobrou a consciência, o doutor tentou saber como estava seu paciente. “Duas horas depois, sussurrei ao seu ouvido: ‘qual seu nome?’ E ele disse ‘Fabrice Muamba’. Eu falei: ‘ouvi dizer que você é um ótimo jogador’, e ele: ‘eu tento’.

Fonte: Gospel Prime
Cerca de 3.000 cristãos estão presos na Eritreia de maneira desumana
No país não há organizações que defendam os direitos humanos e os presos não têm direito de julgamento

A Eritreia continua prendendo cristãos em containers de metal e também em prisões em condições desumanas por simplesmente professarem sua fé em Jesus. É possível que no momento tenham entre 2.000 ou 3.000 pessoas presas por serem membros de denominações não reconhecidas pelo governo.
Localizada na África, a Eritreia só foi incluída no relatório anual de Liberdade Religiosa Internacional, na Comissão dos Estados Unidos, no ano passado e agora figura na lista dos países que geram preocupação diante da discriminação e perseguição de cristãos.
A história mais marcante foi da cantora evangélica Helen Berhane que ficou mais de dois anos dentro de um container, vivendo em condições desumanas e sem direito a julgamento. Tudo porque ela se converteu e gravou um CD com músicas evangélicas, por esse motivo ela foi acusada de ser um “inimigo político” por propagar um discurso diferente do Estado.
Casos como o de Helen são difíceis de receberem interferência internacional, pois o país não tem processo judicial independente, ou seja, os cidadãos não podem, de maneira pacífica, organizar protestos. Outro fator que impede a ação é a falta de organizações nacionais que defendam os direitos humanos e como se não bastasse a imprensa não tem liberdade de expressão.
A agência de notícias Christian Solidarity Worldwide (CSW) afirma que os cristãos sofrem muita perseguição e quando são presos ficam trancados em ambientes quentes e insalubres, sofrendo privações e torturas.
Entre as igrejas cristãs que não são autorizadas pelo governo da Eritreia a prestar cultos livremente está a Igreja Adventista do Sétimo Dia, além de muitas outras que foram banidas pelo Estado. Mesmo assim 47% da população se declara cristã e 49% são muçulmanos.

Com informações Portas Abertas



segunda-feira, 19 de março de 2012

Ateus ofendidos com oração de pastores ‘desabençoam’ rodovia

Ateus do Condado de Polk, na Flórida, simbolicamente lavaram o asfalto de uma rodovia que onduz ao município de Lakeland, neste sábado, dia 17. A remoção foi um protesto contra a bênção feita no local um ano atrás por um grupo de pastores.
Munidos de vassouras, esfregões e mangueiras, os ateus se reuniram na rodovia e anunciaram: “Nós viemos em paz… Isso normalmente é o que os alienígenas dizem quando visitam um planeta novo! Mas não somos alienígenas, somos ateus!”, afirmaram os manifestantes.
Mark Palmer, diretor do Humanistas da Flórida comandava seu grupo ao longo da Rodovia 98. Representantes de vários grupos de ateus lavaram a estrada na linha divisória dos condados de Pasco e Polk. Eles explicam que desejavam remover o óleo que fora derramado sobre o local no ano passado pelo grupo de pastores do Polk Under Prayer (Polk debaixo de oração).
O pastor Richard Geringswald, que lidera o grupo evangélico explicou por que haviam ungido e abençoado a linha de separação dos condados, que são divisões administrativas dentro de um mesmo Estado. “Oramos pela entrada da cidade, clamando que Deus nos proteja dos malfeitores, especialmente dos traficantes, que seriam afastados de nosso condado”, explicou.
Mas os Humanistas da Flórida não veem as coisas da mesma maneira. Eles dizem que isso não os faz sentir bem-vindos no local. “Isso envia uma mensagem muito ruim para todos no condado de Polk, e (qualquer pessoa) que passe pelo condado e não seja um cristão”, explicou Palmer. “Esse evento não é só dos ateus; trata-se de dar as boas-vindas a todos no Condado de Polk”.
Além de usarem uma “água profana” para lavar a estrada, também estão descontentes com os “tijolos de oração” que os pastores enterraram ao longo dessa e de várias outras estradas que conduzem ao condado. Neles está escrito o Salmo 37.9: “Pois os maus serão eliminados, mas os que esperam no Senhor receberão a terra por herança”, lembra o pastor Geringswald, lendo o versículo em sua bíblia.
Os pastores dizem não entender, pois estavam tentando apenas fazer algo positivo para manter os criminosos longe e incentivar a fé. Eles acrescentam que pretende colocar anúncios na TV local ainda este ano explicando que só estão tentando proteger os moradores. Os humanistas dizem que não pretendem parar com seus protestos.
Fonte: Gospel Prime
Túmulo anglo-saxão pode marcar passagem do paganismo ao cristianismo
Um esqueleto foi encontrado com uma cruz de ouro que representa a fé cristã, mas com um saco de pedras preciosas que representa a crença na vida após a morte

Um túmulo encontrado perto de Cambridge, na Inglaterra, pode representar a fase onde o paganismo anglo-saxão e o cristianismo começaram a se fundir, pois o esqueleto encontrado traz referências das duas crenças.
Trata-se de um esqueleto de uma adolescente, que provavelmente tinha 16 anos, ela foi enterrada em uma cama de madeira com uma cruz de ouro no peito. Fora isso também foi encontrado pedras preciosas e semipreciosas junto aos restos mortais, o que caracteriza a crença na vida após a morte.
A pesquisadora Alison Dickens disse que há apenas outro exemplo de enterro do tipo na Inglaterra. “Acreditamos que há apenas outro exemplo de um enterro com cama de madeira e cruz no peitoral, em Ixworth, Suffolk”. Cientistas dizem que essa combinação de elementos cristãos e pagãos é realmente rara.
Tal descoberta fez com que surgisse algumas dúvidas em relação o túmulo provavelmente feio no século 7 d.C. quando o cristianismo começou a ser introduzido entre os pagãos anglo-saxões. As joias encontradas levantam outra polêmica: se a menina era de família nobre será que o cristianismo começou a ganhar destaque entre a nobreza e só depois foi chegando até as camadas mais pobres?
Não há repostas para essa indagação, mas os estudiosos garantem que a qualidade das joias é comparável ao tesouro real anglo-saxão descoberto em Sutton Hoo, em Suffolk. Agora os cientistas estão tentando encontrar alguma ligação entre esse esqueleto com outros três que foram encontrados nas proximidades para saber se eles caracterizam a mudança de religião entre a pagã e a cristã.

Com informações Hypescience.com

sexta-feira, 16 de março de 2012

Pastor é apunhalado por extremistas islâmicos e sobrevive milagrosamente
Os cristãos paquistaneses pedem oração pela Igreja Perseguida naquele país e também pela vida do pastor que ainda não está totalmente recuperado
Em Kasur, província de Punjab (Paquistão) um pastor protestante foi apunhalado por fundamentalistas islâmicos e sobreviveu por um milagre segundo informa o site Protestante Digital que não divulgou a data dessa tentativa de assassinato.
Tudo o que se sabe é que, sem razões aparentes, dois muçulmanos atingiram o pastor com facadas no abdômen e ele precisou ser levado com urgência para o hospital, passando dias entre a vida e a morte de acordo com relatos da ONG paquistanesa “Legal Evangelical Association Development” (LEAD).
Esse tipo de crime ocorre frequentemente e são motivados pelo “ódio religioso, por acusações de proselitismo ou simplesmente porque os cristãos são vistos com ódio pelos fundamentalistas islâmicos”, dizem autoridades paquistanesas.
A polícia já identificou os dois suspeitos, Ghulam Muhammad e Ashfaq Rassol, que ainda não foram presos e continuam sendo procurados pela justiça. A LEAD, por sua vez, já apresentou uma denúncia oficial pedindo a prisão dos culpados afirmando que a família do pastor está aterrorizada.
Enquanto isso os fiéis da igreja e outros cristãos daquele país se revezam em oração pedindo pela cura do pastor para que “sua missão de anunciar o Evangelho possa continuar”. Esses cristãos pedem que os cristãos de todo o mundo orem pela Igreja Perseguida do Paquistão.

Com informações Protestante Digital

terça-feira, 13 de março de 2012

Enquanto o mundo debate futuro de Nadarkhani, Irã fecha igrejas e prende cristãos
Governo culpa os cristãos pela pressão do Ocidente


Os cristãos estão sofrendo com uma nova onda de perseguição no Irã. As autoridades iranianas estão fechando “igrejas subterrâneas”, e prendendo indiscriminadamente líderes e membros. Cinco igrejas “oficiais”, ligadas às Assembleias de Deus, também foram fechadas recentemente.
Desde o Natal passado, as igrejas em Ahwaz, Shiraz, Esfahan,Teerã e Kermanshah foram alvos da polícia religiosa. Dezenas de cristãos foram presos em suas casas e locais de trabalho.
Durante um ataque na cidade de Esfahan, Giti Hakimpour, de 78 anos de idade foi presa em sua casa no dia 22 de fevereiro. Ela havia passado recentemente por uma cirurgia no joelho e não estava em boas condições de saúde, precisando de cuidados especiais. Após persistentes esforços os irmãos, Giti foi solta três dias depois.
Hekmat Salimi, pastor de uma igreja em Esfahan, teve sua casa foi saqueada por agentes do governo, que o levaram preso e confiscaram seu computador, livros e outros pertences.
Em Kermanshah, província a 526 quilômetros da capital Teerã, Masoud Delijani, um ex-muçulmano convertido, foi sentenciado à três anos de prisão acusado de trocar de religião, fazer reuniões ilegais em sua casa e evangelizar muçulmanos.
Preso em março de 2011, Masoud, um professor, ficou na solitária por 114 dias. Ele conta que foi submetido a ‘intensa pressão física e mental’ antes de ser libertado mediante o pagamento de uma fiança de cerca de US$ 100 mil.
Congregações inteiras que se reuniam em casas foram presas. Em 21 de fevereiro, os 13 cristãos (incluindo algumas crianças) que se reuniam para cultuar foram levados por agentes de segurança em Kermanshah. Três deles ainda permanecem sob custódia do governo.
Esta onda de prisões ocorre justamente quando o Irã recebe forte pressão internacional para que abandone o seu programa nuclear. As autoridades iranianas estão acusando todos os cristãos de terem uma “aliança” com os países ocidentais.
Estima-se que, em 2011, cerca de 70 cristãos foram presos, alguns deles estão desaparecidos e não se sabe se continuam vivos ou não. O número de pessoas presas em 2012 é difícil de ser calculado, mas além de Assembleias de Deus, as igrejas presbiterianas, anglicanas e as pentecostais assírias tem sofrido uma pressão crescente.
O chefe da Mohabat, agência iraniana de notícias cristãs, Saman Kamvar descreve a situação:
“Os relatórios que temos de fontes dentro do país é que os cristãos foram forçados a fugir do Irã por causa do tratamento desumano e cruel do Estado. A pressão dos interrogatórios os  intimida por horas, querendo que testemunhem contra os seus companheiros crentes. Eles o colocam em solitárias por longos períodos, pressionam física e mentalmente para fazê-los renunciar à sua fé e voltar ao islamismo.
Há evidências de ferimentos por torturas físicas, como chicotadas… Em um esforço para pressionar as famílias dos cristãos detidos, as autoridades pedem grandes quantidades de dinheiro como fiança… Recentemente houve relatos de que juízes ou interrogadores pediram que os familiares apresentem as escritura de suas casas como fiança para conseguir sua liberdade provisória…
Mesmo assim, o regime atual do Irã está observando um crescimento do cristianismo como nunca antes, especialmente de cristãos convertidos do islamismo”. 

Traduzido e adaptado de Mohabat News

segunda-feira, 12 de março de 2012

Círculo de Oração da Assembleia de Deus completa 70 anos de fundação

Em 1942 surgia o primeiro encontro de oração de mulheres que anos mais tarde seria implantado em todas as ADs do Brasil
No dia 6 de março o Círculo de Oração das Assembleias de Deus comemorou 70 anos de fundação, sendo uma das maiores marcas das Assembleias de Deus no Brasil. A data comemora a criação do grupo em 1942 quando a irmã Albertina Bezerra Barreto, membro da AD em Recife (PE) convidou algumas crentes para se juntarem em oração por sua filha, Zuleide que estava enferma.
Naquele dia sete mulheres se prontificaram a ir até a Casa Amarela, onde ficava a igreja local, e clamaram pela menina que não andava, não falava e que havia recebido dos médicos a sentença de que viveria apenas oito anos. Foi nesse círculo de oração que Albertina recebeu a palavra de cura e Zuleide cresceu, andou e viveu até os 49 anos.
O nome “Círculo de Oração”, segundo a fundadora Albertina Bezerra Barreto, foi inspirado num folheto que havia lido cujo texto explicava que a oração era como um círculo nos céus: “Quando estávamos orando, lembrei-me da mensagem e disse: – Vamos circular os céus com as nossas orações”.
Desde então as reuniões de oração não cessaram e ainda hoje acontecem uma vez por semana, sempre recebendo o apoio dos pastores e da igreja de Recife que na época era o pastor José Bezerra da Silva e sua esposa Malfara Bezerra. Assim o Círculo de Oração passou a ser implantado em todas as igrejas e hoje é uma dos ministérios mais conhecidos das Assembleias de Deus.

Postado por: Bruno Araújo Silva

quinta-feira, 8 de março de 2012

Harpa Cristã completa 90 anos e CPAD organiza comemoração
A primeira edição foi lançada com apenas 40 hinos e hoje são mais de 500 cânticos que fazem parte do hinário das ADs

Para comemorar os 90 anos da Harpa Cristã a Casa Publicadora das Assembleias de Deus está organizando um culto na AD de Recife para os dias 12 e 13 de março. O culto será aberto ao público e também vai comemorar os 70 anos do Círculo de Oração.

A capital pernambucana foi escolhida para sediar essa grande comemoração porque foi em Recife que a primeira edição da Harpa Cristã foi lançada, isso em 1922 para auxiliar com os hinos do Culto Público, Santa Ceia, Batismo, Casamento e outros eventos.

A primeira tiragem teve 1.000 exemplares, com 44 cânticos e 10 corinhos que destacavam as doutrinas pentecostais da denominação. Por isso eles pararam de utilizar o hinário Salmos e Hinos que eram usados por outras denominações e criaram o Cantor Pentecostal.

Já a segunda edição, lançada no Rio de Janeiro em 1923 e contava com 300 hinos e em 1932 foi lançada mais uma edição com 400 hinos. Com o passar dos anos, foram acrescentados outros hinos até que o hinário oficial chegou a 524.
Ao longo dos anos várias edições foram feitas e alguns hinos foram acrescentados, sendo que coros conhecidos como o Grandioso és Tu (526), Vencendo vem Jesus (525) e Porque Ele vive (545) também fazem parte das novas edições.

A festa para comemorar essa história vai acontecer na Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Recife nos dias 12 e 13 de março a partir das 19h e terá a participação especial de Ailton José Alves – Presidente da AD em Recife, Pastor José Wellington Bezerra da Costa – Presidente da CGADB e outros.

Serviço:
Data: 12 e 13 de março de 2012
Horário: 19h
Local: Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Recife – PE
Endereço: Avenida Cruz de Cabugá, 29 – Santo Amaro – Recife, PE
Pastor presidente: Ailton José Alves


Carteiros israelenses se recusam a entregar 


cópias do Novo Testamento


Envio de folhetos e livretos cristãos em hebraico podem contrariar a lei

Os funcionários dos correios de Tel Aviv se recusam a entregar milhares de cópias do Novo Testamento e de outros materiais cristãos em hebraico. O sindicato dos carteiros informou seus supervisores que a divulgação desse tipo de material vai contra a lei.

Os trabalhadores alegam que entregar esse material para os moradores seria equivalente a fazer proselitismo e, portanto, é uma violação da lei judaica (halachá). Isso poderia fazer da prática algo ilegal.

O proselitismo é uma questão sensível entre os judeus israelenses, que alegam terem sido forçados a mudar sua fé durante a Inquisição Espanhola, o Holocausto e em outras situações onde houve perseguição aos judeus.

Há uma lei “anti-missionário” no país que proíbe oferecer às pessoas incentivos monetários ou algum outro benefício para convencê-las a adotar outra fé. Também proíbe o proselitismo de menores. Mas não há nada que impeça a divulgação de material escrito.

Um porta-voz disse que a Companhia Postal de Israel  é ”uma empresa governamental. Portanto, em conformidade com a Lei Postal, somos obrigados a distribuir qualquer correspondência recebida e não temos o direito ou a capacidade de escolher o que pode ou não pode ser distribuído. Portanto, toda correspondência será entregue de acordo com a lei”.

Mas os funcionários do Correio levaram o assunto ao conhecimento do membro do Parlamento Zevulun Orlev, que falou com o ministro das Comunicações Moshe Kahlon. Ficou determinado que a distribuição será interrompida até que o assunto seja legalmente esclarecido.

“Nós sempre distribuímos panfletos e propagandas. Não temos problema com isso, quer concordemos com eles ou não”, disse um funcionário dos correios. ”Mas desta vez é diferente. Este material é missionário. Em nosso entendimento há uma lei contra isso. Não é apenas uma questão religiosa”.

No entanto, um carteiro ortodoxo explicou que a distribuição do Novo Testamento vai contra sua fé. ”A halachá me proíbe de distribuir material com tal idolatria. Quando há uma contradição entre a minha crença religiosa e o que meu trabalho exige de mim, não tenho dúvida sobre o que é mais importante”, disse ele. ”É como se o meu gerente pedisse para eu trabalhar no Shabat (sábado).”

Segundo ele, esta não é a primeira vez que os carteiros se recusam a distribuir os folhetos cristãos. Não foi 
divulgado quem colocou esse material no correio. Até o momento ninguém se manifestou sobre pedir o material de volta.

Traduzido e adaptado de Religion News e Ynet News