sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012



Somos vitoriosos em Jesus

Está escrito em Isaías 13.2-4: “Alçai uma bandeira sobre o monte escalvado, levantai a voz para eles; acenai-lhes com a mão, para que entrem pelas portas dos príncipes. Eu dei ordens aos meus santificados; sim, já chamei os meus valentes para a minha ira, os que exultam com a minha majestade. Já se ouve a gritaria da multidão sobre os montes, semelhante a de um grande povo; a voz do rebuliço de reinos e de nações já congregados. O Senhor dos Exércitos passa em revista o exército de guerra”.

Nesta breve abordagem, não é possível tecer minuciosos comentários acerca dos fatos históricos que envolvem esse texto da Bíblia Sagrada. Em linhas gerais, porém, podemos dizer que quando Isaías perpetrou esse registro, Babilônia acabara de derrotar o rei Ezequias e Israel estava enfrentando momento de muito sofrimento e opressão. Foi justamente nesse instante que o homem de Deus ouve a voz do Senhor, que lhe disse o que ficou registrado no capítulo 13. 

Essa palavra é especial para todo crente, e especialmente para os obreiros, a quem Deus tem posto nas mãos “abundante munição espiritual” para prosseguir cheios de fé, coragem, amor pelas almas e combatendo o pecado em nome do Senhor Jesus.  Ao pecado e Satanás não se pode combater com gritaria e tampouco com folguedo. A Assembleia de Deus no Brasil conhece essa doutrina bíblica, porque fomos ensinados e orientados pelos nossos pais na fé.

A nossa luta, conforme diz o apóstolo Paulo em Efésios 6, não é carnal, mas espiritual. Eu e você compreendemos que na oração, no jejum e na pregação do Evangelho nós vencemos o pecado, o autor do pecado e o mundo pecador, arrastando das mãos de Satanás as almas que estão acorrentadas e sendo levadas para o Inferno.

Em nome do Senhor, como soldados de Cristo, municiados com a Bíblia Sagrada, atiremos contra o inimigo e o derrotaremos continuamente. Essa luta não é para todos, mas apenas para os que se preparam para ela, os crentes fieis. Deus diz: “Eu já dei ordem aos meus santificados”. Não se combate o pecado com palmas e com danças, mas é com jejum e oração, chorando aos pés do Senhor nas madrugadas frias, debruçados na presença do nosso Deus.

Deus abre o céu e fortalece com a Sua graça, e cheios da Palavra de dEle nós temos condições de dizer em alto e bom som: “Jesus Cristo salva, cura, batiza no Espírito Santo e está adornando a Sua igreja para muito breve nos levar para a junto dEle!”. Honra e glória ao nome de Jesus!


fonte; cpad news

0 comentários:

Postar um comentário